top of page
  • Foto do escritorÉverton Tadeu

Coloração pessoal: o que cada cor transmite

Você já pensou como as cores podem interferir no nosso estilo, apresentação, humor e até no meio profissional?


Eva Heller, autora do livro A psicologia das cores - Como as cores afetam a emoção e a razão, convida-nos a refletir sobre a relação das cores com os nossos sentimentos, já que as cores não são apenas uma questão de gostos e preferências, mas também estão associadas as nossas crenças, cultura e história.


Através delas, podemos transmitir mensagens e provocar sensações específicas e, dentro do teste de coloração pessoal, entendemos individualmente quais cores te trazem harmonia, evidenciam seus traços e combinam com seu tom de pele. A desarmonia dos tons, pode, por exemplo, ressaltar manchas e olheiras do seu rosto, trazendo um semblante “cansado”.



Mas por que devo saber minha coloração pessoal?


A análise de coloração pessoal, também chamada de colorimetria, é um estudo que busca identificar o tom da pele por meio de características como a cor do cabelo e dos olhos, bem como a temperatura da pele.


A análise de coloração pessoal é uma fase da consultoria de estilo que descobre e enfatiza quais são as “cores ideais” para cada biotipo. O objetivo é definir quais tons são mais adequados e quais valorizam os aspectos naturais de cada pessoa.


Como combinar as cores?


Uma ferramenta que os profissionais de estilo usam para combinar cores é a roda de cores. Apresenta as cores complementares e análogas de forma rápida e prática e coordena os profissionais na definição dos tons indicados para a temperatura da sua pele e tipo de contraste.


As tabelas de cores são compiladas a partir do seu tom de pele, tom dos olhos e tom do cabelo. A definição é baseada nas estações do ano (primavera, verão, outono e inverno) e há uma divisão entre: temperatura (quente e frio), profundidade (claro e escuro) e intensidade (intenso e opaco).


Sua paleta de cores traz representatividade, significado e comunicação pessoal. Por meio da comparação, descobrimos quais cores destacam sua pele e a deixam o mais leve possível.


Muitas pessoas pensam que a coloração pessoal limita as cores a serem usadas, mas, na verdade, é exatamente o oposto, porque com esse conhecimento você pode escolher o que fica melhor e valoriza seu visual. Dessa forma, as compras são feitas com mais consciência, o que também permite que você use mais os itens que compra, praticando mais a moda consciente.



O impacto das cores na imagem profissional


As cores, um dos elementos com maior impacto visual na nossa imagem, funcionam como um poderoso canal de informação sobre a nossa personalidade, estilo e, porque não dizer, sobre os nossos pensamentos e comportamentos perante a vida. Quando abrimos nosso guarda-roupa todos os dias e procuramos um look para o trabalho ou para ir a um evento social, muitas vezes não consideramos o quanto a escolha da cor dessa roupa pode afetar positiva ou negativamente nossa imagem no convívio social e social. Acima de tudo, em um ambiente profissional.


Se você estiver mais atento ao que cada cor pode refletir, com certeza usará a cor com muito mais consciência e intenção a seu favor, seja para uma entrevista de emprego, reunião de negócios, fechamento de venda, palestra ou até mesmo para uma ocasião pessoal.


O processo é muito mais que saber as cores que combinam com sua beleza natural, e muito mais que mudar o conceito de imagem. É sobre autodescoberta, autoconhecimento, autopercepção, é sobre se ver fora do corpo e reavaliar quais são seus objetivos pessoais e profissionais. Pensar em como as cores e suas roupas podem te aproximar de seus desejos e expectativas diante do momento presente e do futuro.


A cor pode mudar sua mensagem de acordo com a dimensão, ou seja, profundidade, intensidade e temperatura. As cores mais profundas transmitem uma mensagem de poder, autoridade, formalidade, poder, credibilidade e seriedade, enquanto as cores claras transmitem maior flexibilidade, acessibilidade, informalidade, descontração e leveza.


Cores frias

As cores frias tendem a transmitir mais tranquilidade, distância e equilíbrio. Além de seriedade, elegância, introspecção e impessoalidade.


Cores quentes


Já trazem consigo uma energia de dinamismo, ação, acolhimento, acessibilidade, proximidade e amizade. Cores que iluminam com sua luz, conferindo também descontração e alegria.


Cores claras


Traduzem flexibilidade, abertura, universo feminino, leveza, casualidade e descontração. Sentimentos de paz, paciência e ordem também ficam em evidência.


Cores escuras


Carregam a força, autoridade, formalidade, universo masculino, drama, poder, credibilidade e elegância. O azul-escuro, por exemplo, transmite segurança, lealdade e confiança. Já parou para pensar que algumas empresas mais tradicionais e mais conservadores utilizam bastante essa cor?


Cores Intensas / Vibrantes


Refletem entusiasmo, desafio, agressividade, diversão, ousadia e excitação. Cores que injetam energia no ambiente.


Cores Suaves


Permite sensações como conforto, suavidade, acolhimento, maturidade, prudência e equilíbrio.


Na prática, como utilizar as cores a nosso favor?


Situações decisivas — Para líderes que precisam demonstrar racionalidade e controle em momentos decisivos para a equipe ou para a empresa, os chamados tons frios são os mais acertados. Nessa hora, roxo, verde-esmeralda e os tons azuis fazem a diferença. Se desejar quebrar um pouco essa imagem de seriedade, um acessório ou batom um pouco mais vibrante são bons trunfos.


Reunião decisiva — Muitas vezes nos perguntamos o que vestir para uma reunião importante. Um tom mais opaco é uma boa escolha aqui e está associado ao comprometimento e inteligência. Em momentos de necessidade de equilíbrio, prudência, esperança e bondade, não hesite em escolher o verde. O azul evoca clareza de pensamento, amor e segurança, enquanto os tons esfumaçados do vinho revelam confiança.


Apresentações — Muitas empresas incentivam os funcionários a trabalharem presencialmente, mas muitas ainda utilizam o método home office. Nas duas situações, presencial ou virtual, cuidado ao escolher a cor do look de suas apresentações. Nas reuniões virtuais, as cores vivas são bem-vindas porque chamam atenção para você na tela. Já em situações presenciais, a sua imagem se torna mais forte do que o conteúdo transmitido e pode causar dispersão no interlocutor. Nesse caso, os tons mais opacos como azul-marinho ou um rosa queimado são uma boa opção.


Entrevista de emprego — Em momentos como este, em que precisamos transmitir uma imagem de seriedade e credibilidade, opte por cores neutras como verde musgo e cinza grafite; vinho e tons de marrons também são boas escolhas. Mas se a vaga for para uma empresa jovem e com clima descontraído, como nas startups, tons mais vibrantes transmitem criatividade, emoção e informalidade; nesse caso um azul-turquesa, laranja ou amarelo contam ponto a favor, pois demonstram coragem.


A escolha das cores que compõem seu visual faz parte da construção da imagem pessoal


As cores geram identificação, acolhimento, passam uma mensagem através da sua imagem. Uma imagem pessoal bem construída melhora o seu posicionamento frente ao mundo e sua comunicação verbal e não verbal, uma vez que você entende quem você é e quais são suas melhores intenções. A sua imagem importa, e muito! Como você tem cuidado dela?


Gostou de saber mais sobre coloração?

1 visualização0 comentário
bottom of page